BAKHTIN E A PRAÇA PÚBLICA: CARNAVAL(IZAÇÃO) EM LAVRAS DO SUL (RS)

Moacir Lopes de Camargos, Fabiana Giovani, Nathan Bastos de Souza

Resumo


Resumo

O objetivo deste texto é aproximar Bakhtin da praça pública. Especificamente, o artigo apresenta como objetos de investigação uma narrativa recolhida sobre a cidade de Lavras do Sul (RS), conversas informais com sujeitos que conhecem o passado desta cidade e análises de imagens do Carnaval contemporâneo do lugar. Os conceitos teóricos com os quais lidamos são advindos da teoria bakhtiniana: o Carnaval, a Carnavalização e outros elementos que circundam estas noções. Como resultados apontamos para a constituição de conhecimentos mestiços, advindos de diferentes aportes epistemológicos. Nossas considerações finaisamplificam a visão carnavalesca proposta por Bakhtin (2013) para a análise dos romances de Rabelais: essa concepção de mundo nunca morreu, ela fica apenas velada durante a maiorparte do tempo considerado “sério” na contemporaneidade, mas ainda vive no tempo festivo do carnaval, como as análises confirmam.

Palavras-chave: Carnaval(ização). Narrativa. Praça pública.


Texto completo:

PDF


Ciências & Letras está indexada em:

BBE – Bibliografia Brasileira de Educação – INEP – Brasília (<http://www.inep.gov.br>)

CCN – Catálogo Coletivo Nacional de Publicações Seriadas (<http://ccn.ibict.br/busca.jsf>)

ICAP – Indexação Compartilhada de Artigos de Periódicos (<http://www.pergamum.pucpr.br/icap/titulo.php>)

IRESIE – Índice de Revistas de Educación Superior y Investigación Educativa – CEUTES/UNAM, México (<http://iresie.unam.mx> e <http://www.iisue.unam.mx/iresie>)

Sumários.org – Sumários de Revistas Brasileiras (<http://www.sumarios.org/>)

 

ISSN 0102-4868 - Versão impressa

ISSN 1808-043X- Versão eletrônica

 

Ciências & Letras

Revista da Faculdade Porto-Alegrense

Av. Manoel Elias, 2001 – Prédio 3 – Morro Santana

Porto Alegre – Rio Grande do Sul – CEP: 91240-261

E-mail: cienciaseletras@fapa.com.br